Dharamsala – Um encontro com o Dalai Lama

UM ENCONTRO COM O DALAI LAMA

 

“Talvez o dia mais importante da minha vida, estar pessoalmente comTenzin Gyatso, Sua Santidade o XIV Dalai Lama! Dedico a IMENSIDÃO do amor que senti a todos os seres, em especial meus familiares e a todos os meus amigos!”

Tashi Delek – Namaste

Ricardo.

dalai_lama.jpeg

Era minha oitava ida à India em março de 2015, com três motivações que caminhavam juntas: espirituais, turismo e trabalho. Já havia decidido de antemão que desta vez conheceria Dharamsala, cidade onde vive o Dalai Lama e toda a comunidade tibetana refugiada no norte. Conhecia quase vinte cidades no país e estava na hora de fazer uma viagem menos cansativa e corrida, como algumas anteriores haviam sido.

Mala e detalhes prontos, vôo mais uma vez longo e interminável, conexão demorada e finalmente New Delhi outra vez! Os dois anos de estudo da língua hindi me permitem chegar ao aeroporto e não ser enganado por taxistas, assim como por comerciantes no dia a dia. Além disso facilitam minha vida na compreensão de algumas leituras e outras situações.

Três dias em Delhi e pego o avião para Dharamsala. Uma hora e qualquer coisa de vôo e uma chegada com vista deslumbrante do Dauladhar, um grupo de montanhas nevadas do Himalaya que circula toda a cidade. Logo ao procurar um táxi conheço um rapaz belga, estudante do budismo tibetano, que havia ido para mais seis meses de retiro na cidade. Dividimos o táxi e fomos conversando durante o trajeto. Nós íamos para Mcloid Ganj, a parte mais alta da cidade, onde ficam os hotéis, os monastérios e o Dalai Lama Temple, residência oficial de Sua Santidade. A cidade de Dharamsala propriamente é pequena, com alguns milhares de pessoas, comércio variado, escolas, etc.

 

 

Desembarque no Kangra Airport com as montanhas Dauladhar nevadas, atrás. Por todos os cantos imagens do Dalai Lama.

Nos separamos em Mcloid Ganj e fui procurar um hotel. Encontrei um bonito e bem razoável, mas fiquei apenas uma noite, pois não gostei do serviço, das pessoas e do “astral”. Deixei o hotel com mala e cuia e encontrei outro bem simples e meio escondido, hotel Tibet, onde me instalei por quase uma semana. Saí para procurar os pontos que me interessavam e achei o caminho do monastério de Tushita, um dos mais famosos do mundo no quesito budismo tibetano. Chegando lá no dia seguinte de manhã, fiz a meditação diária com mais uns quarenta estrangeiros. Ao final uma monja entrou na sala e avisou que Sua Santidade havia chegado em Dharamsala e queria fazer uma audiência pública dois dias depois com os estrangeiros que lá estavam. Quem tivesse interesse deveria procurar o escritório na cidade e se inscrever. Bom, saí quase correndo e fui imediatamente ao local indicado, onde pude me inscrever e receber as orientações de comportamento, segurança, etc.

McLoid Ganj. Parte alta de Dharamsala onde se concentram hotéis, restaurantes, templos e monastérios.

No dia marcado, 31/03/2015, cheguei por volta de 7:30 no Dalai Lama Temple, mas Sua Santidade começaria a audiência apenas às 10:30, horário marcado. Nos pediram entretanto que chegássemos às 7:30. Ainda não descobri a razão… Comprei umas fitinhas para receber a benção dele e encontrei um café aberto. Entrei, pedi algo para comer e vejo três pessoas chegando, um homem e duas mulheres. Falavam inglês, francês e para minha surpresa, português com sotaque carioca, minha terra! O rapaz que logo descobri ser o Sandro Shamkara, músico profissional carioca especializado em música indiana e mantras, que me convidou à sentar com eles. Daí em diante não desgrudamos por cinco dias, além do grupo ter aumentado! Brasileiros e  franceses.

 

 

Lanche com os franceses e o Sandro Shamkara, Café no boteco tibetano e o grupo reunido após a palestra de S. Santidade.

Por volta de 10:00 entramos no templo onde já estavam umas quatrocentas pessoas, nos sentamos no chão gelado e aguardamos a chegada do Dalai Lama. Pouco depois ele aparece caminhando por um estreito corredor entre os presentes e toma seu lugar numa cadeira simples de madeira, num palco improvisado. A emoção de tirar foto ao seu lado, tocá-lo e ouvir suas palavras quebra qualquer resistência ao choro… o frio forte que fazia se desfez quando toquei suas costas descobertas e muito quentes, mesmo com a temperatura beirando 3º ou 4º…

Entrada do Templo, residência oficial de SS, o XIV Dalai Lama.

Sua Santidade falou por uma hora sobre a disciplina da mente, pensamentos que constroem e destroem, respiração, karma e reencarnação. Suas simpatia, senso de humor e seriedade ao mesmo tempo, tornam qualquer palestra de uma hora, sentado no chão gelado numa espécie de galpão sem paredes, uma experiência maravilhosa!

Não deixa de ser sorte de todos nós, também, o fato de que este tipo de audiência para estrangeiros, não era realizada por SS Dalai Lama há dez anos em sua cidade de residência! Estar na hora certa no lugar certo…!

Não perdi a oportunidade de tirar uma foto com o fotógrafo oficial, que nos dividiu em grupos por continentes. Como fiquei exatamente atrás de Sua Santidade, toquei-o nas costas que estavam descobertas e bem quentes e, imediatamente, minhas mãos geladas do frio se aqueceram…! Aproveitei para encostar nele minhas fitinhas e a tanka, tecido que oferecemos aos altos monges e lamas, que também foram abençoadas com o toque em seu corpo e suas mãos. O Sandro teve mais sorte que eu, pois sentou-se logo à frente de Sua Santidade e ficou segurando suas mãos enquanto posávamos para a foto oficial.

Ao final muita emoção, olhares perdidos, choros e respirações estupefatas pelo encontro nunca imaginado! Um momento para servir de imagem introdutória e sensação de amor à qualquer meditação que queira fazer atualmente.

Obrigado por sua visita!

EM FEVEREIRO 2019 LEVAREI O PRÓXIMO GRUPO À ÍNDIA. CONHEÇA TODOS OS DETALHES DESTA MARAVILHOSA VIAGEM COM GUIAS EM TODOS OS LOCAIS, HOTÉIS CONFORTÁVEIS, PASSEIOS HISTÓRICOS, CULTURAIS E ESPIRITUAIS!

CLIQUE NA FIGURA ABAIXO. VOCÊ SERÁ ENCAMINHADO AO SITE “MEDITAÇÃO RIO” E TERÁ TODAS AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA IR CONOSCO. SE PREFERIR LIGUE PARA OS TELEFONES: (21) 214606545 (21) 994921557 Ricardo Mendonça e (21) 979792000 Alessandra Santos

folheto_india_jan2019

APOIO

 

 

4 comentários sobre “Dharamsala – Um encontro com o Dalai Lama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s