Varanasi – A Alma da India

A cidade mais sagrada da Índia faz parte de todas as viagens que faço para o país. Já estive lá em mais de dez ocasiões e, sempre que chego, me vem a estranha e gostosa sensação de estar voltando para casa!

SDC10711
Aeroporto de Varanasi

O aeroporto é bem afastado da cidade e o trânsito, como na maioria das cidades indianas, um caos barulhento e com muita poeira. Poeira e barulhos estridentes de buzinas incessantes que me causam felicidade e a ansiedade de chegar logo ao Assi Gath, local de uma das escadarias do Rio Ganges (Ganga), onde costumo me hospedar nos hotéis da área. Como já estive lá muitas vezes, fiz amigos e conhecidos que reencontro com alegria nos locais de sempre. Também já fui de trem e as estações ferroviárias são como todas no país, confusas, cheias e sem indicações em inglês… Varanasi possui duas estações ferroviárias, Varanasi Station e Varanasi Jewer Junction, sendo a segunda afastada da cidade.

 

Alguns bons amigos

Pela manhã gosto de ir ao Ghat (escadarias) bem cedo fazer yoga e meditação, práticas gratuitas que ficam cheias de gente de vários países e que são conduzidas por professores locais. Ao final faz-se um puja (oferenda), normalmente para Shiva, deidade hindu nascida em Varanasi. Após as práticas volto ao hotel para o café da manhã.

Varanasi também é chamada de Kashi e Banaras na lingua local, o hindi. É considerada por muitos a cidade mais antiga do mundo, com aproximadamente 8000 anos de existência, segundo relatos. Realmente, foram encontrados objetos em escavações que após a datação, apontaram para esta idade!

Todo indiano vem ao menos uma vez à este lugar render homenagens a Shiva e receber a benção da água sagrada do Ganges em seu corpo; muitas vezes apenas molhar a cabeça ou os pés. A mística e o sagrado de Varanasi se devem à sua história, seus milagres e sua fama como local de peregrinação. Além de deidades como Shiva, Parvati, Ganesha, Saraswati, Sri Krishna, Hanuman, Kali, Rama e tantos outros, passaram e ou viveram por tempos aqui, pessoas iluminadas de diversas épocas e partes da Índia, a saber: Gautama Buddha, Ramakrishna, Satya Sai Baba, Paramahansa Yogananda, Babaji, Sivananda, Sri Aurobindo, Ramana Maharish e muitos outros.

 

Nas imagens acima podemos ver alguns dos Ghats como Main Ghat, Kedharnat Ghat e os barcos de passeio no Assi Ghat.

Varanasi é uma cidade média/grande, com aproximadamente 4,5 milhões de habitantes. Possui muitos bons hotéis, restaurantes, shoppings, universidades e hospitais. Mesmo com toda esta faceta “moderna” encontramos templos de todos os tamanhos em praticamente todas as esquinas; desde os clássicos e tradicionais, aos microtemplos, com no máximo 2 ou 3 metros onde imagens das mais diversas deidades são cultuadas no meio das ruas e calçadas por indianos de todas as classes sociais. Lá podemos ver e viver intensamente a religiosidade deste povo tão lutador e caloroso! A “faceta moderna” não impede todo o caos da mobilidade, higiene e barulho que são características de quase todas as cidades do país.

Teste
Um pequenino templo de Shiva na entrada das escadarias do Assi Ghat.

Foi lá também que conheci Rushika Mehrotra, uma pintora local especializada em temas de divindades hindus. Sua obra foi eleita pelo Trip Advisor como uma das atrações de Varanasi e seu atelier é diariamente visitado por turistas que querem aprender sua arte. Tive a oportunidade de visitá-la algumas vezes e fazer aula. Sua casa fica em frente ao Monkee Temple local.

 

No atellier de Rushika Mehotra

Templos dedicados a macacos, elefantes e ratos são comuns na Índia. Particularmente gosto dos Monkee Temples, templos dos macacos dedicados a Hanuman. Em Varanasi passo sempre algum tempo meditando em seu interior, após a benção do sacerdote e a colocação do ponto de tinta laranja em nosssa testas. Templos bem maiores e ricos são encontrados na cidade e a visita a cada um vale a pena. Se você tem devoção por alguma deidade hindu, aqui é o local certo para reverenciá-la!

Os passeios de barco pelo Ganga Nadi (Rio Ganges), devem ser feitos para que se possa apreciar todos os Ghats do rio. É uma visão infinita de escadarias, rituais, banhos de sacerdotes e pessoas comuns e a sensação contumaz de estar em outro planeta! O crematório perto do Main Ghat pode tanto ser visto do rio, dentro do barco, como também da escadaria ao lado. Não se deve tirar fotos, pois as famílias estão chorando seus mortos e não se deve confundir isto com uma atração turística. Para quem quer conhecer o crematório de uma maneira mais intensa, é possível entrar em alguns locais muito particulares; mas somente com acompanhante local e mediante muita conversa. Normalmente mulheres não podem entrar e lá explicam a razão. É uma visita muito forte e certa vez uma das moças do grupo passou mal e desmaiou com a energia do local. Lá também são feitos rituais secretos de tantra, normalmente autorizados somente para homens hindus. Morte e vida unificam-se em alguns momentos de meditação no local. Não é um programa para quem é muito sensível ou se impressiona com cenas fortes.

 

Para quem quer fazer compras, Varanasi não é o melhor local, entretanto para pashminas e saris de diversos tecidos, pode ser uma boa opção, embora em Delhi encontremos praticamente os mesmos produtos por um preço bem melhor. O comércio é muitíssimo variado e tudo o que precisamos pode ser encontrado por lá.

 

Comércio intenso e muito variado em Varanasi

Varanasi possui uma enorme variedade de restaurantes, dos mais simples aos mais sofisticados; todos os bolsos podem se alimentar facilmente por aqui! A maioria oferece comida continental, isto é, comida de diversas especialidades. Encontra-se de tudo, menos carne de vaca, o que é proibido no país e passível de multa e cadeia. Eu gosto de uma pizzaria no Assi Ghat em especial, não só por ser em frente ao rio, como também pelos turistas do mundo todo que a frequentam e pelo clima muito agradável do local. O banheiro, bom… o banheiro você mesmo deverá avaliar… sugiro mulheres não o utilizarem. Paradoxalmente a cozinha é limpa para os padrões indianos. Nos melhores hotéis podemos encontrar excelentes restaurantes com shows típicos e comidas deliciosas e baratas. Vale a pesquisa! Para todos os restaurantes em frente ao rio, deve-se usar um repelente antes de ir, principalmente à noite.

 

                                        Come-se muito bem em Varanasi

Toda a Índia é cheia de mistérios e Varanasi não foge à história. Há uma série de locais proibidos para estrangeiros e outros tantos para as castas menores. Muitos ashrams das mais variadas filosofias encontram-se aqui, dos mais “meditativos” aos mais esotéricos. Para quem procura um lugar de estudos sobre a cultura indiana, música, alimentação e aspectos esotéricos, aqui é um dos locais mais indicados para isto.

Varanasi não é uma cidade para quem busca só turismo, longe disso aliás… é uma cidade forte, transformadora, por vezes angustiante, que nos coloca frente a frente com a vacuidade da vida, com o sofrimento e a felicidade ao mesmo tempo. É um soco bem dado em nossas certezas existenciais.

 

Vá à Jaipur, Delhi e Agra, o famoso Triângulo Dourado vendido por todas as agências de turismo, mas não deixe de conhecer Varanasi. Continuarei o post sobre Varanasi, ainda não se esgotou…

Obrigado por sua visita!

EM FEVEREIRO 2019 LEVAREI O PRÓXIMO GRUPO À ÍNDIA. CONHEÇA TODOS OS DETALHES DESTA MARAVILHOSA VIAGEM COM GUIAS EM TODOS OS LOCAIS, HOTÉIS CONFORTÁVEIS, PASSEIOS HISTÓRICOS, CULTURAIS E ESPIRITUAIS!

CLIQUE NA FIGURA ABAIXO. VOCÊ SERÁ ENCAMINHADO AO SITE “MEDITAÇÃO RIO” E TERÁ TODAS AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA IR CONOSCO. SE PREFERIR LIGUE PARA OS TELEFONES: (21) 214606545 (21) 994921557 Ricardo Mendonça e (21) 979792000 Alessandra Santos

folheto_india_jan2019

APOIO

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s