Pelos Caminhos do Buddha 3. Sarnath, o 1º Discurso

A pequena Sarnath é um distrito de Varanasi, no estado de Uttar Pradesh. Aproximadamente 14 km separam as duas localidades e pode-se tranquilamente alcançá-la de tuc tuc. Como toda cidade budista da Índia, Sarnath é repleta de estupas, templos, monges e peregrinos do mundo todo. Numa das vezes que fui, tive que usar uma toalha como protetor para o rosto, pois era verão e tinha muita poeira na estrada.

 

 

Uma curta distância separa Sarnath de Varanasi e se não estiver muito frio, tuc tuc é a melhor alternativa

Sarnath gira em torno do budismo, pois Buda foi para lá após a iluminação em Bodh Gaya e fez seu 1º discurso para 5 discípulos sobre as 4 Nobres Verdades em 528 AC: “A Natureza do Sofrimento, A Origem do Sofrimento, A Cessação do Sofrimento e O Caminho para a Cessação do Sofrimento”. As 4 nobres verdades vão se desdobrar no Óctuplo Caminho que são:  “Compreensão/Visão Correta , Pensamento Correto, Fala Correta, Ação Correta, Modo de Vida Correto, Esforço Correto, Atenção Correta, Concentração Correta”. O discurso foi proferido no hoje conhecido Deer Park, o que o torna um dos locais mais movimentados da pequena localidade. Sarnath também é conhecida como local de nascimento do budismo, uma vez que a partir do 1º discurso, os ensinamentos do Buda se espalharam pela Índia e posteriormente por todo o sul da Ásia.

 

 

O local do 1º discurso de Buda e as estátuas reproduzindo o momento

Há templos budistas de muitas nacionalidades que foram construídos como doação, por seus respectivos países. Consigo enumerar Tibet, Butão, Myanmar, Tailândia, Sri Lanka, Nepal, Birmânia, China e Japão, dentre outros. Cada um com suas características de tamanho, finalidade, cerimônias, decoração, etc.  O Tibetan Temple é um dos mais concorridos para visitação e todos são abertos aos interessados em conhecê-los. Há também cerimônias fechadas em datas especiais; neste caso somente os lamas e monges podem participar. O colorido e as ilustrações simbólicas são comuns à todos, incluindo os enormes sinos e pinturas com deidades budistas, locais para meditações e leituras. Alguns comportam pequenos monastérios onde monges vivem ou visitam temporariamente para período de estudos e práticas.

 

 

Uma variedade de templos de muitas nacionalidades se espalha por Sarnath. Pode-se entrar na maioria para visitar e meditar

As estupas em Sarnath são das maiores que já vi. Logo ao entrar na cidade nos deparamos com a Chaukhandi Stupa, que foi construída no ano 500 AC. A área em torno é muito grande e possui estupas menores e outras tantas em seu estado original. Podemos observar muita gente meditando em cantos silenciosos e outras caminhando em torno delas com seus japamalas, colares de oração, entoando mantras silenciosamente. Próximo fica a  Dhamekh Stupa, também com uma grande área para caminhar em volta, fazer práticas e ficar em silêncio.

 

 

A Chaukhandi Stupa como uma torre, as mais baixas são remanescências da  Dharmarajika Stupa e os moges fazendo suas preces na Dhamek Stupa

O Mahabody temple de Sarnath fica no final da rua principal da cidade. É o principal templo do local e o mais visitado. Lá são feitas as cerimônias especiais com a presença eventual do Dalai Lama, comemorações oficiais do budismo tibetano, cerimônias de oferendas (pujas), inclusive infantis e estudos. A Bodhi Tree (Árvore Sagrada) debruça-se sobre o templo e suas folhas caídas podem ser levadas conosco.

 

 

Mahabody Temple com peregrinos, monges, turistas, placas explicativas e bandeiras de oração

 

 

Pelo caminho até o Mahabody passa-se pelo Deer Park, por restaurantes, pelo Museu Arqueológico e por muitos camelôs vendendo suas mercadorias que em geral são artigos religiosos, comidas e souvenirs

O Museu Arqueológico de Sarnath deve ser visitado por quem quer conhecer mais da história do budismo. Inaugurado em 1910, possui boa estrutura de informações para os visitantes tanto pelas descrições escritas das peças expostas, como pelos fones com descrições em várias línguas para quem prefere utilizá-los. É o mais antigo museu arqueológico da Índia  e há peças datadas com mais de 2500 anos do início do budismo e outras mais antigas ainda. O museu possui 5 galerias praticamente dedicadas ao tema. O Pilar de Ashok, grande monarca hindu que se converteu ao budismo, também encontra-se exposto, sendo sua roda adotada na bandeira da Índia.

 

 

A entrada do Museu Arqueológico, sua área externa e algumas peças

Sarnath possui um hospital de caridade que atende aos mais necessitados. Ao seu lado fica um pequeno monastério que também hospeda pessoas comuns desde que cumpram as regras do local. Tanto o hospital como o monastério, vários outros templos e o comércio ficam na rua principal, a Saranth Station Road.

 

 

Placas explicativas, o Grande Buda, portal com a Roda de Ashok e o jardim de um monastério

Sarnath pode ser conhecida em um único dia mas o ideal é passar uma noite lá e aproveitar com calma tudo o que ela oferece. Há uma cerimônia diária às 18:00 no Mahabodhi Temple que vale a pena conhecer. Há também retiros de estudos budistas e meditação nos centros destinados à estas práticas. Sarnath compõe o roteiro budista que, dentre outros locais, compreende Lumbini, Bodh Gaya e Kushinagar, locais do nascimento, iluminação e morte do Buda. Para quem quer se aprofundar no budismo tibetano ou apenas passar um ou mais dias de paz, Sarnath oferece silêncio, grandes áreas verdes e muitos locais para relaxar, pensar, estudar e meditar. Obrigado pela leitura!

EM NOVEMBRO 2019 LEVAREI O PRÓXIMO GRUPO À ÍNDIA. CONHEÇA TODOS OS DETALHES DESTA MARAVILHOSA VIAGEM COM GUIAS EM TODOS OS LOCAIS, HOTÉIS CONFORTÁVEIS, PASSEIOS HISTÓRICOS, CULTURAIS E ESPIRITUAIS!

CLIQUE NA FIGURA ABAIXO. VOCÊ SERÁ ENCAMINHADO AO SITE “MEDITAÇÃO RIO” E TERÁ TODAS AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA IR CONOSCO. SE PREFERIR LIGUE PARA OS TELEFONES:  (21) 994921557 Ricardo Mendonça e (21) 979792000 Alessandra Santos

India Novembro 2019_1

PDF

A P O I O

2 comentários sobre “Pelos Caminhos do Buddha 3. Sarnath, o 1º Discurso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s